Seguidores

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Deus abate os soberbos

Em toda a história da Bíblia, vemos claramente, Deus tratando de uma maneira pessoal com todos. E a todos, Deus dando a chance de se arrependerem.
Foi assim com o rei Nabucodonosor. No capítulo 4 do livro de Daniel, o próprio Nabucodonosor descreve o que lhe aconteceu, por causa do seu orgulho.
O orgulho é uma coisa horrível, pois os que cultivam esse sentimento pensam estar acima de tudo e de todos. Devemos ter muito cuidado com tal sentimento! Pois quem é orgulhoso, também é: soberbo, arrogante, e vaidoso. Esses sentimentos terríveis acabam destruindo a quem dá vazão a eles.
 
Nabucodonosor era um homem, orgulhoso, vaidoso, arrogante e prepotente, ao ponto de olhar para as construções magníficas em Jerusalém, dentre elas os jardins suspensos, e achar que tudo aquilo foi feito através do seu poder. E que aquilo tudo era para sua glória. Que coisa terrível! O homem exaltando-se a si mesmo e querendo usurpar o lugar de Deus. Mas como o Deus Vivo não divide a Sua glória com homem algum, declarou a Sua sentença a Nabucodonosor.
 
Primeiro Deus o alertou dando-lhe um sonho. Daniel o interpretou através do ministério que recebera de Deus. Daniel revelou ao rei, que a sentença dele, dada por Deus, seria viver como um animal. Mas Nabucodonosor fez pouco caso da Palavra de Deus e pagou muito caro por isso.
Hoje, quantos fazem pouco caso da Palavra de Deus!
Deus os avisa em sonhos, como fez com Nabucodonosor; usa profetas, e eles não acreditam. Dizem até que o profeta não é de Deus. Preferem ter as suas vidas fundamentadas na mentira. Enchem-se de orgulho e vaidade, exaltando seus nomes e a si mesmos e deixando de lado o Nome que é sobre todos os nomes - JESUS.
 
Quantos, por causa de seus títulos são orgulhosos! Abrem a boca, e vaidosos dizem: Sou Bacharel em Teologia, Doutor em Divindade, Apóstolo Primaz, PHD em Teologia, e tantos outros títulos ridículos e inúteis, ao quais os homens inventaram para se destacar dentre os outros.
Eu nunca vi Jesus se preocupando com títulos e nem dando títulos a ninguém. O maior título que um homem pode ter é o de SERVO, e esse é o maior de todos. Ele disse: “Basta ao servo ser igual ao seu Senhor”. Se você é um servo, deixa que Ele apareça. João Batista disse: “Importa que Ele cresça e eu diminua”. Quantos estão se exaltando a si mesmos a ponto de querer aparecer mais do que Deus!
 
Observe que quando Deus decreta a sentença de Nabucodonosor, Ele lhe dá um tempo para se arrepender. Deus lhe deu um ano para que se arrependesse e ele não se arrependeu. Deus jamais pune um inocente, mas ao culpado Ele não tem por inocente. E logo foi cumprida a sentença de Nabucodonosor. Essa sentença não foi como muitos afirmam: Que ele ficou louco, e pensava que era um animal. Assim está registrado na Bíblia: “No mesmo instante, se cumpriu à palavra sobre Nabucodonos; e foi expulso de entre os homens e passou a comer erva como os bois, o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceram os cabelos como as penas da águia, e as suas unhas, como as das aves.” (Dn 4:33). Está claro que Nabucodonosor virou um animal durante sete anos. Até que reconheceu a soberania de Deus. E entendeu que nesse mundo nada temos e nada somos, se o Senhor dos senhores não estiver no controle das nossas vidas.
 
Deus falou para Nabucodonosor: “Passou de ti o teu reino” (v. 31). E na mesma hora ele foi tirado dentre os homens, e foi humilhado, zombado e escarnecido por todos. Quem diria, o “grande” rei Nabucodonosor virou um bicho! Teve que engolir seu orgulho, vaidade, arrogância, prepotência e ao invés de estar comendo as mais finas iguarias do palácio, foi comer capim.
É assim que Deus faz: abate os soberbos de tal maneira que causa espanto aos que estão ao seu redor.
Deus mostrou através da vida de Nabucodonosor o que Ele faz com os homens arrogantes, prepotentes, soberbos, vaidosos e orgulhosos. Ele faz com que comam esterco, até que aprendam  a humilhar-se diante da Sua face.
 
Hoje, através desse estudo, Deus fala para ti: se não te arrependeres, passará de ti o teu reino, passará de ti o ministério que um dia Eu te dei; pois Eu dou e Eu tiro. Passará de ti a vida e morrerás e não viverás.
Se não te arrepender Deus te humilhará, te abaterá e te transformará em um bicho. Pois é nisso que o homem se transforma se não tiver a presença de Deus em sua vida. Será como um animal que não tem espírito, e não tendo espírito perderá a comunhão com Deus. “Pois o Espírito Santo testifica com o nosso espírito, que somos filhos de Deus.”
Arrepende-te! Dê a Deus toda a glória que Lhe é devida. Pois o teu orgulho já chegou até aos céus, já subiu até as narinas de Deus, e se não reconheceres e confessares o teu pecado, tua sentença será decretada e executada.
 
Muitos se mascaram de uma falsa humildade. Mas quando o assunto é dinheiro, posição e justiça colocam-se em um pedestal e pisam em todos os que estão em sua frente.
Quantos estão na posição de liderança, usufruindo do bom e do melhor, e os membros de sua igreja estão, muitas das vezes, passando necessidades. O dinheiro dos dízimos e das ofertas é somente para cumprir o capricho da esposa, e dos filhos e os seus próprios caprichos. Mas cuidado, o teu reino será tirado de ti, se não te arrependeres!
 
O Deus da Bíblia não dorme e não tosqueneja, pois Ele é o Fiel Guarda de Israel. Ele age na hora certa e no tempo certo. Ele abate os soberbos e dá graça aos humildes.
Como está o teu coração? Está cheio de orgulho, inveja, soberba, arrogância? Você bate no peito e diz: Eu sou, eu tenho, eu faço! Cuidado, Nabucodonosor também agia assim! E olha qual foi a sua sentença!
Você acha que tudo o que tem acontecido na sua igreja é por mérito seu? Cuidado, Esse foi o grande pecado de Nabucodonosor! Ele quis uma glória que não era dele.
Você acha que só você está certo, que todos têm que se curvar a você? Cuidado, você será abatido e humilhado!
 
Quantos estão atrás dos púlpitos, cheios de orgulho, vaidade, se acham estrelas, cobram para pregar, cobram para cantar. Enquanto Jesus disse: “De graça recebei de graça daí”. O que rege as suas igrejas não é mais a Bíblia, mas sim os seus próprios conceitos e interesses. Fazem amizades com políticos para usufruírem dos “bens” que esses podem trazer para suas “igrejas”. Os tais que assim pensam e agem são miseráveis e hipócritas, pois Cristo Jesus nunca fez e nem ordenou que os seus discípulos fizessem alianças com nenhum político. Ele disse: “O meu reino não é desse mundo”.
 
O Senhor está te dando à chance de se humilhar debaixo da sua potente mão. Deixe de lado o orgulho, e reconheça que tudo foi feito por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. O que você “é” hoje é por misericórdia de Deus.
Depois que Nabucodonosor reconheceu que Deus é o único Senhor, Ele fez várias declarações a respeito de Deus, uma delas foi: “Deus pode humilhar aos que andam na soberba” (v. 37b). Não se esqueça de que Ele não mudou, Ele ainda é o mesmo, e resiste aos soberbos.
 
 Portanto, antes que seja tarde, deixe de lado esse orgulho que só tem atrapalhado a tua vida, e se converta ao Senhor que é longânimo e misericordioso. Deus ainda deu uma chance para Nabucodonosor: no final dos sete anos, permitiu que ele voltasse ao estado perfeito e assumisse o reino novamente. Mas isso só aconteceu depois que ele reconheceu o seu pecado.
O teu cativeiro só será virado depois que você se arrepender, se humilhar e reconhecer que não é nada, que é pó e cinza.
Agarre essa chance que Deus tem te dado! Quem sabe será a tua ultima chance!
Se não te arrependeres, Deus te dirá: “Passou de ti o teu reino”.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário